"O nascimento do pensamento é igual ao nascimento de uma criança: tudo começa com um ato de amor. Uma semente há de ser depositada no ventre vazio. E a semente do pensamento é o sonho. Por isso os educadores, antes de serem especialistas em ferramentas do saber, deveriam ser especialistas em amor: intérpretes de sonhos."
( Rubem Alves )

Seguidores

quinta-feira, julho 25, 2013


Amar é também, disciplinar!

2


          A educação de nossas crianças, não digo a educação do aprender a ler e a escrever, cada vez mais é dirigida única e exclusivamente como tarefa da escola, onde os pais preferem esquivar-se a enfrentar a fúria e o mau humor de seus filhos.
          Estamos cansados de assistir as crises de birras das crianças que não se contentam com o que lhes é dado. Quantas e quantas vezes vemos nas filas dos supermercados e shoppings, crianças embolando, gritando e agredindo, impondo aos pais o direito de terem e fazerem apenas o que desejam. Estaria nossa sociedade entregue a estes pequenos tiranos?!…
          A escola é o ambiente onde a criança passa a maior parte do seu tempo de vida. É o lugar escolhido para brincar, sonhar, estudar, pintar e fazer novos amiguinhos. É na escola onde a criança dar seus primeiros passos rumo ao descobrimento das letras, da escrita e da aprendizagem propriamente dita. É o lugar, por excelência, carregado de magia, de surpresas e descobertas para o desenvolvimento psico-social-acadêmico e afetivo da criança. É o mundo encantado das letras, das amizades e descobertas da vida e para a vida.
          Assim sendo, a escola é a o alicerce para o desenvolvimento e crescimento de nossas crianças, atuando na formação de cidadãos conscientes de seu papel, de respeito e obediência aos pais, estando a escola no papel mediador do conhecimento e prática dos bons costumes. E por falar nos bons costumes…Que tal aproveitarmos a oportunidade e tentarmos ajudar nossas crianças a se portarem e serem bons cidadãos e semeadores do bom costume, do bom comportamento, e por que não, do bom filho?!.
          A agressividade é característica do comportamento de todo o ser, quer seja criança ou adulto, mas para que esta seja considerada “normal”, digo aceitável, ela tem que ser canalizada para aquisição do crescimento e desenvolvimento de todo ser humano, quando bem canalizada tem o seu papel de grande importância para o ser, isto é, a tentativa e busca de vencer na vida, mas quando não, é considerada uma atitude negativa e desestrutura a criança, a família e parte da sociedade.
          E pensando assim, vale apena lembrar a vocês pais o quão é saudável e importante falar sempre a verdade para os filhos, ter atitudes coerentes e firmes e não deixar ser levados pelos caprichos e birras dos mesmos. Devemos amá-los incondicionalmente, mas isto não implica em fazer tudo o que eles desejam e pedem. Amar é educar com amor, prepará-los para a vida, para serem cidadãos educados e compromissados com a ética.
          Pense bem antes de tomar uma medida enérgica com seu filho. A conversa é muito importante para o enriquecimento do diálogo entre os membros familiares, como também para o conhecimento da dinâmica familiar.
          Lembrem-se: os filhos são o reflexo dos pais!
Adriana Gaião e Barbosa
Psicóloga Infantil e Escolar

2 comentários:

Profª Lourdes disse...

"O mais belo triunfo do escritor é fazer pensar os que podem pensar."
Minha querida, não poderia deixar de passar aqui para te parabenizar pelo dia do escritor, já é noite, mas não me impede de te desejar muita saúde e inteligência para que continues a escrever divinamente como escreves.
Gosto muito de um pensamento de Paul Claudel "Os grandes escritores nunca foram feitos para se submeter à lei dos gramáticos, mas para imporem a sua”. E você amiga, faz isto muito bem. Parabéns! Felicidades!
ABRAÇOS DA AMIGA LOURDES

Toninha Arte com Fios disse...

Olá querida , que blog lindo! Vim para retribuir sua visita e me encantei com suas postagens lindas, voltarei muitas vezes com certeza, já estou te seguindo tam,bém , bj e fique com Deus.

Postar um comentário

"SEM A CURIOSIDADE QUE ME MOVE, QUE ME INQUIETA, QUE ME INSERE NA BUSCA, NÃO APRENDO NEM ENSINO." Paulo Freire"
Adoro receber visitas e comentários. Obrigada pelo carinho.