"O nascimento do pensamento é igual ao nascimento de uma criança: tudo começa com um ato de amor. Uma semente há de ser depositada no ventre vazio. E a semente do pensamento é o sonho. Por isso os educadores, antes de serem especialistas em ferramentas do saber, deveriam ser especialistas em amor: intérpretes de sonhos."
( Rubem Alves )

Seguidores

sábado, agosto 04, 2012


A Revolta dos Livrinhos

1

 

      Na biblioteca da Escola Recriar, houve uma revolta dos livrinhos. Vou contar para vocês o que aconteceu:
      _ Nesta escola havia, além das salas de aulas, salas de jogos, de recreação, de televisão, etc.
      A pracinha também era muito freqüentada. Lá todos os brinquedos estavam sempre em movimento. Balanços, gangorras e carrosséis, todos sempre lotados de crianças.
      Quase todas as crianças da escola preferiam a sala de jogos, porque achavam que era a mais divertida. Lá elas podiam  jogar: ping-pong, dama, dominó, xadrez e muitos outros jogos.
      A biblioteca, coitada, era a menos freqüentada. Até que um dia os livrinhos resolveram protestar contra aquela situação e organizaram uma passeata pela escola, reivindicando os seus direitos e demonstrando a todos a sua importância.
      Na frente ia a Matemática, gritando, em números, seu grito de alerta! Colocando assim, todos para pensar numa solução que resolvesse os problemas que lançava no ar, como um grande desafio.
      Mais adiante vinha a Gramática perguntando de um por um:
      _ Eu estudo. Tu ...? _ Ele ama. Nós ...? _ Vós cantais. Eles ...?
      Logo depois, a História gritando bem alto; chamando a atenção de todos:
      _ Dentro de mim estão escritos acontecimentos importantes, batalhas heróicas e fatos marcantes do nosso Rio Grande.
      Em seguida a Geografia, jogando mapas para todos os lados, em sinal de protesto, deixando todo mundo alarmada!
      _ Jogo mapa prá lá, jogo mapa prá cá. Quero ver qual o aluno que Uruguaiana vai encontrar.
      Agora é a vez da Ciência. Falando da importância do Meio Ambiente.
      _ E eu, coitado! Sou de todos o menos lembrado. Trago histórias de fadas, mocinhos e cinderelas mas fico sempre num canto esquecido; solitário como um barco à vela.
      Por último vem a Bíblia, em seu protesto de louvor; alertando todos os cristão, para a “Palavra do Senhor”.
      E assim seguiu a passeata; cada livro com seu protesto! Os alunos, agora atentos, pensavam no que os livrinhos diziam e os acompanharam de volta à biblioteca, onde então tudo era clima de festa.
      A partir desse dia, a biblioteca da Escola Recriar está sempre cheia e os livrinhos muito contentes, por estarem sendo lembrados e lidos constantemente, levando assim os alunos a serem mais gente.
     Todos os alunos da Escola Recriar passaram de ano e ficaram, cada vez mais sabidos e inteligentes. Todos os professores ficaram contentes. E os livros? Ora essa! Estes viveram sempre sorridentes!

Lielba Ramos e Aldo Domingos dos Santos

1 comentários:

Eliza Jarek disse...

Muito enteressante esse blog... muito criativo as estrelhinhas que sai do mouse,gostei nota 1.000.....

Postar um comentário

"SEM A CURIOSIDADE QUE ME MOVE, QUE ME INQUIETA, QUE ME INSERE NA BUSCA, NÃO APRENDO NEM ENSINO." Paulo Freire"
Adoro receber visitas e comentários. Obrigada pelo carinho.